03
maio
2016
Clipping, Destaque, Mídia,

Cartilha gratuita ajuda pequena empresa a adotar programa de diversidade.

Para promover a diversidade nos negócios, a Câmara Americana de Comércio (Amcham) lança gratuitamente para empresários de todo o país edição inédita da cartilha “Diversidade: O que é e o que ela pode fazer pelos seus negócios”. A publicação é um guia prático com pontos e ações fundamentais para criação e aplicação de um programa de diversidade, em especial, nas pequenas e médias empresas. O guia foi realizado em parceria com o consultor Reinaldo Bulgarelli.

“A Diversidade deixou de ser uma opção para as empresas, é considerada hoje um fator importante para o modelo de negócio de qualquer organização. A contribuição da convivência entre as diferenças, seja de gênero, cor, religião ou classes, entre outras, é elemento de impacto nos resultados corporativos”, afirma Deborah Vieitas, CEO da Amcham Brasil, primeira mulher a liderar a entidade em 97 anos de história. A Amcham Brasil é hoje a maior Câmara Americana, entre 114 existentes fora dos EUA, reunindo cerca de 5 mil empresas associadas, sendo 85% delas brasileiras.

+ DIVERSIDADE NAS PME’S

Nas multinacionais, segundo a CEO da Amcham, programas de gestão em prol da diversidade já são mais comuns, gerando ganhos e vantagens competitivas. “Nas grandes companhias e multinacionais, o programa é desenvolvido na matriz e chega para aplicação na base brasileira, um grande facilitador . A nossa cartilha preenche a lacuna existente nas pequenas empresas sem acesso a este conteúdo por falta de estrutura ou acesso a ferramentas, conteúdo e pilares básicos de um plano de ação no tema”, explicou a CEO da Amcham. A ocasião marcou também lançamento do comitê Aberto de Diversidade da Amcham.

Com uma base de quase 5 mil empresas associadas no Brasil, a Amcham observa que as empresas que investem em diversidade corporativa são mais inovadoras, produtivas e competitivas globalmente. “Precisamos trabalhar a competitividade das companhias brasileiras. Assim como fizemos com a temática sustentabilidade, lançado o Prêmio ECO, em 1982, vamos incentivar a modernização do ambiente de negócios através da temática diversidade”, contextualizou Deborah Vieitas. Até hoje, o Prêmio Eco da Amcham é a principal premiação de sustentabilidade empresarial, reconhecendo em 35 anos mais de 2,5 mil projetos no País.

COMITÊ DE DIVERSIDADE

O lançamento da cartilha integra uma estratégia maior da Amcham em prol do tema no país, contemplando três ações: edição do Fórum da Diversidade, que será realizado hoje em São Paulo; a cartilha para a promoção do tema em pequenas e médias empresas; e a criação de um comitê para debater o assunto e auxiliar empresas de todos os setores no desenvolvimento e gestão programa. A primeira reunião do grupo acontece no próximo dia 20 de junho.

POR ONDE COMEÇAR?

Além de esclarecer legislações específicas de cota, ações e ferramentas, o guia inédito de Diversidade da Amcham, traz os 10 passos necessários para um gestor desenvolver um programa em prol do tema na sua companhia. São Eles:

1 Não trabalhe sozinho! Dependendo do porte da empresa, crie um grupo de trabalho ou comitê com representantes de áreas estratégicas para o tema. Vejam quem não pode deixar de estar.

2 Defina um posicionamento. Este grupo de trabalho deve definir um posicionamento da empresa no tema, o que ela pensa sobre ele, sua importância, seu significado e os impactos esperados para o negócio.

3 Divulgue o manifesto da empresa. Conforme for, o grupo pode elaborar um parágrafo sobre a importância da diversidade para a empresa com base no posicionamento que tomou. É o que podemos chamar de manifesto da empresa, que pode ser do conhecimento do público interno e externo.

4 Realize um diagnóstico da situação. O grupo de trabalho irá fazer o diagnóstico ouvindo as pessoas, trazendo temas para discussão ou realizando também o mapeamento do público interno com recortes: quantos na empresa são homens e mulheres, onde estão na hierarquia, porque estão ali ou não estão etc.

5 Estabeleça prioridades. O grupo de trabalho, com base no diagnóstico realizado, deve estabelecer prioridades em termos de temas, situações e segmentos da população, bem como em relação ao tempo – o que será tratado primeiro e num segundo momento. É importante construir a justificativa para essas prioridades. 16

6 Estabeleça a situação desejada. O grupo de trabalho deve definir onde quer chegar e estabelecer metas e prazos em relação às prioridades. 7 Faça um plano de ação. Com base na situação desejada, o grupo define o que irá realizar, como e com quem (responsáveis) para alcançar os resultados esperados.

8 Acompanhe a execução do plano de ação. O grupo terá como função, depois do plano realizado, acompanhar o conjunto de ações, que podem estar sendo executadas pelos próprios membros deste grupo. Não se trata apenas de monitorar indicadores estabelecidos no plano de ação, mas levantar histórias, saber o que está indo bem e o que está encontrando dificuldades para fortalecer pontos fortes e também corrigir rumos.

9 Crie canais de diálogo. Há empresas que criam grupos de diálogo em torno de temas. Dependendo do porte da empresa, pode ser uma boa ação, mas o importante é reunir as pessoas periodicamente para conversar sobre como está o ambiente para as mulheres na empresa, por exemplo. O que têm a sugerir, o que está melhorando?

10 Compartilhe com sua cadeia de valor. Com os avanços e mesmo os desafios enfrentados, é importante que a diversidade valorizada seja compartilhada com os diferentes públicos da empresa. Os aprendizados gerados podem melhorar e produzir inovações na comunicação interna ou externa. Podem gerar diálogos interessantes com fornecedores ou clientes, compartilhando visões, posicionamentos, práticas, soluções encontradas e oportunidades para atuação conjunta ou melhoria do relacionamento.

Clique aqui e baixe a cartilha da Amcham.

Fonte: UOL Canal Executivo, 01.05.2016

Os artigos reproduzidos neste clipping de notícias são, tanto no conteúdo quanto na forma, de inteira responsabilidade de seus autores. Não traduzem, por isso mesmo, a opinião legal de Granadeiro Guimarães Advogados.

Compartilhe
Comentários

Calendário

maio 2016
S T Q Q S S D
« abr   jun »
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  

Acompanhe no facebook