14
junho
2016
Clipping, Notícias,

Erro é valorizado em companhias que buscam inovação.

A tentativa e o erro estão no centro da cultura de inovação de muitas companhias – é conhecida no mundo corporativo a história do post-it, que foi criado a partir do fracasso de uma cola que não grudava o suficiente, até que um executivo da 3M encontrou no produto um excelente marcador de páginas. “Empresas com essa cultura consideram a falha como parte do aprendizado – quem trabalha com criatividade e inovação precisa assumir riscos e experimentar”, afirma Mara Turolla, diretora da Career Center.

Empresas como a 3M trabalham com um índice que mede a porcentagem da receita proveniente de novos produtos: a meta é que, em 2021, 40% das vendas venham de itens criados há menos de cinco anos. Para garantir esse ritmo de lançamentos, a companhia trabalha em um sistema que acolhe tentativas e erros, explica o diretor de RH Fernando do Vale. “É natural que muitos produtos não deem certo, e o modelo de negócios está preparado para isso. Mas não se trata de um estímulo ao fracasso – o erro honesto e os primeiros erros são bem-vindos”, diz.

O diretor de RH afirma que, para que o modelo de inovação floresça, é preciso também revisitar e até mesmo descontinuar produtos que já não dão os resultados esperados para a empresa. “Parte do processo é matar produtos – já saímos do mercado de filmes fotográficos, fitas cassete, projetores multimídia, seja por estratégia de negócio ou para focar em recursos e mercados mais interessantes para a empresa”, explica Vale.

A estratégia de reavaliar produtos e serviços também faz parte da cultura da Sodexo Benefícios e Incentivos. O diretor de RH Rogério Bragherolli explica que a empresa trabalha com projetos-piloto testados internamente antes de lançá-los no mercado. Quando o produto é comercializado e não atinge os resultados esperados, ele volta para ser reformatado – o insucesso, porém, é visto como parte do aprendizado de toda a equipe.

“O julgamento de erros reprime a inovação. Isso exige uma liderança madura, que tenha confiança no time e coragem para experimentar”, afirma Bragherolli. Ele ressalta que não se trata de estimular o erro deliberado, mas de criar um ambiente controlado onde as falhas são contornáveis e contribuam para o desenvolvimento de novos produtos e processos.

Na Natura, que trabalha com um índice de 70% das vendas provenientes de produtos criados há menos de dois anos, a inovação está “no coração da estratégia”, afirma o diretor de pesquisa avançada Daniel Gonzaga. Uma equipe de 250 pesquisadores trabalha no desenvolvimento de novos produtos, em parceria com outras unidades de negócio como marketing e criação. Os projetos, porém, passam por uma espécie de filtro para que tenham viabilidade comercial e técnica avaliadas. “As ideias menos atrativas vão ficando pelo caminho, seja porque não têm potencial de negócio ou porque não atingem os interesses do consumidor”, afirma o diretor.

Gonzaga explica que é esperado que de 15% a 20% dos projetos não cheguem até o final desse processo – para ele, é exatamente esse “índice de fracasso” que demonstra que a organização vem atingindo as fronteiras da inovação. O insucesso de uma ideia, porém, não costuma gerar frustração entre os seus criadores. O diretor afirma que os pesquisadores estão acostumados com o método e trabalham com muitos projetos ao mesmo tempo, o que garante também o triunfo de muitos deles.

O importante, segundo ele, é evitar o impacto negativo da frustração e a repetição das mesmas falhas. “Temos que motivar a pessoa a se desafiar e a usar todo o potencial da tecnologia. Quem não erra, provavelmente não arriscou o suficiente”, diz.

Fonte: Valor Econômico, por Vívian Soares, 13.06.2016

Os artigos reproduzidos neste clipping de notícias são, tanto no conteúdo quanto na forma, de inteira responsabilidade de seus autores. Não traduzem, por isso mesmo, a opinião legal de Granadeiro Guimarães Advogados.

Compartilhe
Comentários

Calendário

junho 2016
S T Q Q S S D
« maio   jul »
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930  

Acompanhe no facebook