31
março
2016
Clipping, Mídia,

Que tal trabalhar um pouco de pé no escritório?

Embora a pergunta acima possa parecer inusitada, empresas ao redor do mundo estão oferecendo essa possibilidade, baseadas na ideia de que alternar esses momentos com a rotina diária (de passar a maior parte do tempo sentado) beneficia a saúde. Em São Paulo, o Paypal, que atua no segmento de pagamentos digitais, adotou a novidade, utilizando para isso mesas com altura regulável. Ou seja, o profissional precisa apenas ficar de pé e elevar o tampo da mesa – não tem necessidade de mudar de ambiente, para esticar as pernas e continuar dando duro.

O mobiliário utilizado pela empresa foi fornecido pela Steelcase, multinacional de origem americana de móveis corporativos. A empresa cita estudos e pesquisas para exortar os benefícios da mesa. Divulga, por exemplo, dados da consultoria americana especializada em saúde Medical Billing & Coding alegando que a população mundial passa, em média, 9,3 horas por dia sentada – boa parte desse tempo, no local de trabalho. Acrescenta que um estudo publicado pela revista científica American Journal of Preventive Medicine acompanhou os hábitos de 12 mil pessoas economicamente ativas durante 12 anos e concluiu que pessoas que ficam muito tempo sentadas são 30% mais suscetíveis a desenvolver doenças ligadas ao sedentarismo, como complicações cardiovasculares e até trombose.

Uma frase do dr. James Levine, endocrinologista da Clínica Mayo e autor do livro Get Up!: Why Your Chair is Killing You and What You Can Do About It, (Levante-se! Por que a cadeira está matando você e o que você pode fazer a respeito) citado pela Steelcase, fortalece a argumentação: “Permanecer sentado é mais perigoso do que fumar, mata mais gente do que o HIV e pode ser mais fatal do que pular de paraquedas”.

Diretora de recursos humanos para a América Latina da Paypal, Valéria Porto diz que a iniciativa foi aprovada pelos funcionários. “Num momento em que você já está cansado, estressado, com um nível de energia caindo, você altera a altura da sua mesa, você se estica, fica ereto, a circulação melhora. Obviamente, ninguém vai ficar três ou quatro horas de pé. Mas essa possibilidade de tocar um botão e alterar a altura da sua mesa é uma alternativa que tem sido muito bem recebida.” A medida encaixa-se na diretriz global da empresa de estimular iniciativas voltadas ao bem-estar do funcionário. “E um dos pontos que levamos em consideração é o ambiente de trabalho.”

Diretor da Steelcase, Flávio Batel coordenou a remodelação da Paypal e diz que de dois anos para cá, instituições médicas de pesquisa, principalmente nos Estados Unidos, aprofundaram a análise a respeito do tema. “Descobriram que trabalhar em pé, mudando a postura durante alguns momentos do dia, trazia benefícios, reduzia a compressão da coluna, melhorava circulação e com isso a pessoa tinha um desgaste menor do seu corpo durante o dia e, sentindo-se mais criativa.”

Para ele, o caso Paypal é interessante. “É uma empresa de tecnologia, uma turma na faixa de 29, 32 anos de idade, inquieta por natureza. Então, a pessoa mudando a postura durante o dia, se sente mais ativa, mais criativa”, afirma.

Com relação ao preço, mais caro que um produto tradicional, Batel afirma: “Posso dizer, sem dúvida nenhuma, que ele já está precificado pelo cliente como um investimento na área de saúde”. De acordo com o executivo, a Steelcase tem 14 mil funcionários ao redor do mundo, faturou US$ 3,2 bilhões no último ano fiscal, encerrado em fevereiro. “Estamos há 20 anos no Brasil, sempre atuando nesse setor de espaços corporativos, e de três anos para cá atuando muito fortemente em espaços educacionais. Não somos autorizados a divulgar números de faturamento do Brasil, mas temos distribuição própria, temos um modelo de vendas direta. Somos uma operação que envolve aproximadamente 200 pessoas.”

Fonte: O Estado de São Paulo, por Claudio Marques, 31.03.2016

Os artigos reproduzidos neste clipping de notícias são, tanto no conteúdo quanto na forma, de inteira responsabilidade de seus autores. Não traduzem, por isso mesmo, a opinião legal de Granadeiro Guimarães Advogados.

Compartilhe
Comentários

Calendário

março 2016
S T Q Q S S D
« fev   abr »
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  

Acompanhe no facebook