29
julho
2020
Clipping, Mídia,

Brasil fecha 1,2 milhão de vagas com carteira assinada no semestre

Sob o impacto da pandemia, mercado de trabalho formal teve o pior resultado para o período de toda a série histórica do Ministério da Economia, iniciada em 1992

O mercado de trabalho brasileiro encerrou 1.198.363 vagas com carteira assinada no primeiro semestre deste ano, de acordo com os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged). Foi o pior resultado para o período de toda a série histórica do Ministério da Economia, iniciada em 1992.

“É natural que isso aconteça. É a maior crise da história do país”, disse o secretário de Trabalho, Bruno Dalcolmo, em referência ao impacto da pandemia de covid-19 sobre a economia brasileira.

Apenas no mês de junho, houve o fechamento líquido de 10.984 empregos formais, após 895.460 admissões e 906.444 desligamentos. O resultado é o pior para o mês desde 2016, quando foram fechadas 91.032 vagas.

No entanto, trata-se de uma forte desaceleração no saldo negativo de vagas na comparação com abril ( fechamento líquido de 918.286 postos) e o de maio (encerramento de 350.303 vagas).

O resultado também foi melhor do que o esperado por economistas consultados pelo Valor Data, que previam um corte de 58,4 mil até 385,7 mil postos. A mediana das expectativas indicava perda de 197,9 mil empregos no mês.

O volume de desligamentos em junho está 24% abaixo do observado no mesmo mês do ano passado. As admissões, no entanto, também estão 28% abaixo do registro em junho de 2019. Já em relação a maio, houve queda de 16% nos desligamentos e alta de 24% nas admissões.

Diante de tanta diferença entre o esperado e o registrado, o secretário especial de Previdência e Trabalho, Bruno Bianco, disse não ver risco de subnotificação nos dados do Caged. Segundo técnicos do ministério, não foram observadas oscilações anormais nos registros. O secretário Dalcolmo acrescentou que há “zelo grande pela solidez da base de dados” e que não é preciso “desconfiar de dados positivos”. “Se a economia está reagindo, os dados estão confirmando.”

Para Bruno Bianco, os números indicam melhora na economia e na curva do emprego formal. “Há perspectivas muito positivas para os próximos meses”, afirmou. Segundo ele, o país “tem tudo” para ter uma recuperação em “V”, como tem defendido o ministro da Economia, Paulo Guedes. “Os números do Caged demonstram que isso é muito possível”, disse. “Com as políticas públicas feitas, o Brasil tem conseguido preservar empregos”, disse, acrescentando que “outros países não tem tido o mesmo êxito”. O secretário destacou ainda que o Benefício Emergencial de Preservação do Emprego e da Renda (BEm) já está chegando a 15 milhões de acordos feitos.

Junho

Em junho, três dos cinco grandes setores da economia registraram cortes de postos de trabalho, como Indústria Geral (-3.545), Comércio (-16.646) e Serviços (-44.891). Por outro lado, houve geração de vagas em Agricultura (36.836) e Construção (17.270).

Ainda no mês, três regiões do país apresentaram saldos positivos de emprego em junho, com abertura de 6.547 postos no Norte; de 1.699 no Sul e 10.010 no Centro-Oeste. Por outro lado, houve fechamento de 28.521 vagas no Sudeste e de 1.341 no Nordeste.

No acumulado do ano, o saldo líquido está negativo em 1.198.363.

Trabalho intermitente

Os dados do Caged mostram que o país gerou em junho 5.223 novos postos de trabalho intermitente, modalidade criada pela reforma trabalhista que permite jornada em dias alternados ou por horas determinadas.

O número é resultado de 11.848 admissões e 6.625 desligamentos.

No chamado regime de tempo parcial, foram registradas 5.889 admissões e 11.461 desligamentos, gerando saldo negativo de 5.572 vagas.

Fonte: Valor Econômico, por Mariana Ribeiro, 28.07.2020

Os artigos reproduzidos neste clipping de notícias são, tanto no conteúdo quanto na forma, de inteira responsabilidade de seus autores. Não traduzem, por isso mesmo, a opinião legal de Granadeiro Guimarães Advogados.

Compartilhe
Comentários

Calendário

julho 2020
S T Q Q S S D
« jun   ago »
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  

Acompanhe no facebook