01
novembro
2018
Clipping, Notícias,

Estudo revela efeitos do desemprego.

Estudo do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) mostra que a cada 1 ponto percentual (p.p.) a mais na taxa de desemprego, as mulheres negras brasileiras sofrem, em média, aumento de 1,5 ponto percentual.

Para as mulheres brancas, o reflexo é de 1,3 ponto percentual. A análise utiliza dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad Contínua) entre o primeiro trimestre de 2012 e o segundo trimestre de 2018. O estudo foi divulgado ontem (31/10) pelo Ipea.

Ainda segundo o levantamento do instituto, jovens entre 18 e 29 anos também estão entre os mais afetados. Nesta faixa etária, a sensibilidade do desemprego é de 1.6 p.p. no período, contra 0.7 p.p. para trabalhadores entre 30 e 64 anos.

No trabalho, os pesquisadores do Ipea comparam a taxa de desemprego de cada estado com a proporção de pessoas sem trabalho há pelo menos 12 meses e com a taxa de desemprego do grupo analisado em cada unidade da federação, apresentando também dados por faixa etária e escolaridade.

Os resultados mostram uma menor diferença de sensibilidade do desemprego segundo o grau de instrução, com uma diferença de 0,3 p.p. entre trabalhadores com ensino médio incompleto e completo.

“A falta de experiência profissional e a necessidade de conciliar trabalho com formação educacional são alguns dos fatores que dificultam a entrada dos jovens no mercado de trabalho” destaca Maíra Franca, uma das autoras do trabalho, em nota.

São Paulo

Ainda ontem, a Fundação Seade e o Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese) divulgaram que a taxa de desemprego total na Região Metropolitana de São Paulo ficou em 17,3% em setembro, praticamente estável ante agosto, quando a taxa foi de 17,4%.

O total de desempregados em setembro foi estimado em 1,91 milhão de pessoas, 13 mil a menos que no mês anterior. O nível de ocupação não apresentou variação e o contingente de ocupados foi estimado em 9.132 mil pessoas. A pesquisa apontou queda de 0,1% na população economicamente ativa.

Fonte: Diário Comércio Indústria & Serviços, 01.11.2018

Os artigos reproduzidos neste clipping de notícias são, tanto no conteúdo quanto na forma, de inteira responsabilidade de seus autores. Não traduzem, por isso mesmo, a opinião legal de Granadeiro Guimarães Advogados.

Compartilhe
Comentários

Calendário

novembro 2018
S T Q Q S S D
« out   dez »
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930  

Acompanhe no facebook